ACTUALIDADE:

Cultura

Grupo Gaviões Campeão do Carnaval Salense 2017

A população salense contemplou as maravilhas do carnaval 2017 com quatro grupos oficinais a abrilhantar a terça-feira de carnaval, na cidade de Espargos. A avenida do Morro Curral foi o palco desse esplêndido espetáculo jamais visto na história do carnaval salense.
O primeiro grupo a abrilhantar a avenida foi o Patchê Parloa, com o tema em homenagem a África. O enredo constituído por sete alas, á frente veio a dupla porta-bandeira e o mestre de sala, seguido pelas restantes alas. Fazendo jus ao objetivo do grupo que foi o de homenagear e retratar as etinas, tribos, flora, fauna e a arte dos deuses africanos, o carro alegórico mostrou autênticos símbolos da cultura africana com figuras como elefantes e leões, os trajes a rigor da elegância e cultura africana e a música intitulada Mamã África, do compositor Nuno Lopes.
Pachê Parloa arrecadou os prémios de segundo classificado como grupo e o prémio de melhor rainha. O grupo foi recompensado com cento e vinte mil escudos de prémio e a rainha levou um cheque de quarenta e cinco mil escudos.
O segundo grupo a desfilar e a encantar o público com a sua beleza, trazendo também o tema África, através da fauna, flora e a busca pelo diamante de sangue em África, foi o Gaviões de Hortelã, com oito esplêndidas alas com diferentes temas.
O grupo Gaviões além de sagrar-se vencedor do carnaval salense 2017, conseguiu também os prémios de melhor Rei, melhor andor, melhor música e melhor rainha da bateria.
O terceiro grupo a embelezar a avenida de Morro Curral foi o grupo Horto Morro com o tema aviação, retratando a primeira travessia Aérea do Atlântico Sul dos pilotos portugueses Sacadura Cabral e Gago Coutinho. Horto Morro foi o terceiro classificado, tendo recebido a quantia de setenta mil escudos de prémio. Por fim, o grupo Criola África com o tema Mar, em homenagem aos pescadores e às peixeiras, proporcionou ao público um misto de sentimentos ao som de batucadas aliciantes. O prémio de melhor porta-bandeira/mestre de sala foi arrebatado pelo casal desse grupo, que foram agraciados com trinta mil escudos cada.
Para além do desfile dos grupos houve também a singela e merecida homenagem Póstuma a Nilton César Pasquinha (falecido membro do grupo dos Gaviões) e uma menção honrosa e de reconhecimento a João dos Santos Lopes (grupo Patchê Parloa).
A entrega dos prémios aconteceu no dia 01 de março na Avenida dos Hotéis, cidade de Santa Maria.

Ver mais notícias...

C
O
N
T
A
T
O
S